Peru de Natal – Lembranças com água na boca

Chef Taico

Receita: Peru de Natal

Tempo de preparo: 20 horas | Serve 08 pessoas

Ingredientes:

  • 01 Peru de aproximadamente 4 kg
  • 12 maçãs Fuji médias
  • 300 ml de vinho branco seco
  • Alecrim
  • 10 cravos
  • 02 paus de canela
  • 02 cebolas em cubos
  • 10 dentes de alho picados grossos
  • 05 folhas de louro
  • Sal e pimenta

 

Modo de preparo:

  1. Lave bem o peru e coloque em um saco plástico.
  2. Retire o talo da maçã fazendo um buraquinho redondo.
  3. Adicione o vinho, cravo, canela, cebola, alho, alecrim, sal e pimenta.
  4. Massageie bem por dentro e por fora. Coloque as maçãs dentro do saco, feche e deixe marinar de véspera.
  5. Arrume o peru e as maçãs em uma assadeira, despeje a marinada sobre o peru e os furinhos das maçãs.
  6. Leve ao forno quente por duas horas até que esteja macio e dourado.
  7. Sirva com as maçãs.

Banner Curso Receitas para o Natal

Patrocinador:

Logo Moveis Brasilia

 

Apoio:

Logo Visocenter fundo branco

 

Logo irmãos furuta

Logo Alho Mania png


Crônica: O Natalino

 

Ainda é bem cedo, mas estou acordado. O dia promete…

Antevéspera de Natal os preparativos estão fervilhando, árvore, presentes, meias penduradas, visitas chegando, tudo seguindo o delicioso e intenso ritual que precede a data mais importante para nós Cristãos.

Umas dez e meia, palmas no portão. Olho pelo vão da cortina e vejo um mulato de sorriso aberto mexendo na carroceria da velha camionete. Corro para lá a tempo de assistir aquela ave amarrada pelos pés chacoalhando e batendo as asas freneticamente.

“Que bicho feio”.

Originário das florestas frias da América do Norte, o Peru se transformou em uma tradição americana do dia de “Ação de Graças”, daí para o Natal brasileiro.

No fundo do quintal, amarrado ao pé de limão galego, já tem uma certa pose. Muito bem tratado fica por ali, descansa e come até o sol raiar no dia de seu sacrifício.

Minha mãe segura a cabeça e abre o bico, minha avó despeja colheradas de cachaça. Isto acontece diversas vezes no decorrer do dia.

Ave grande e forte, de carne escura e firme, precisa deste ingrediente para que ao ser assada fique macia e suculenta.

Mãe, por que o peru ta bêbado?

“Pra amaciar a carne”.

Depenado, na bacia, coberto por uma vinha d’alhos que perfuma e saboriza, repousa na geladeira e então assadeira e forno.

Na mesa muita fartura. Entre diversos pratos ele reina absoluto. Imponente pelo tamanho, lindo pelo dourado, perfumado pelas especiarias, tenro pela bebida, disputado pedaço a pedaço até que se lambisquem os ossos.

Bendito seja o peru pelo seu sacrifício que enche de lembranças e sabores a noite de Natal.


+ Lembranças:

Chester assado – Lembranças com água na boca

Pernil assado – Lembranças com água na boca

Lombo de panela – Lembranças com água na boca


 

Conheça a Escola de Gastronomia do Chef Taico na internet: www.escoladocheftaico.com

Acesse centenas de outras receitas no Blog do Chef Taico, todas com vídeo demonstrando o preparo + a receita escrita, clique aqui:

Inscreva-se no nosso canal do youtube, e receba todas as novas receitas – clique aqui:

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *